22 de ago de 2011

O potencial do pecado


É inegável para qualquer cristão que o pecado possui um poder destruidor. Seus males corroem como câncer: “Mas o que peca contra mim violenta a própria alma. Todos os que me aborrecem amam a morte.” (Provérbios 8:36 RA). Mas por onde o pecado começa a derrubar uma pessoa?

O que talvez nem todo mundo tenha se dado conta, é que o pecado não precisa de muita coisa, ou de ser um "pecadão", como alguns dizem, para derrubar uma pessoa. Basta uma palavra, um olhar, uma pequena falta de vigilância, e o estrago está feito: “Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.” (Tiago 1:15 RA)

Precisamos estar atentos e vigilantes às mínimas coisas do dia-a-dia, tomar cuidado com as raposinhas: “Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que devastam os vinhedos.” (Cantares 2:15 RA). Quando as ofertas do pecado são muito grandes, com um pouco de boa vontade fica mais fácil resistir, pois é muito mais claro de onde se originam, ao contrário das pequenas ofertas que nem sempre conseguimos reconhecer como armadilhas, ou, às vezes, sequer achamos que seja pecado, por parecerem tão "insignificantes".

Há muito a Palavra de Deus tem nos alertado que “um abismo chama outro abismo.” (Salmos 42:7 RA). O que eu não sabia é que essa verdade poderia ser demonstrada cientificamente.

Assista o vídeo abaixo:


Explicando o vídeo:

Uma peça de dominó pode derrubar outra que tenha um tamanho um pouco maior do que 50%.
A sequência se inicia com uma peça de 5mm de altura, que acaba derrubando a última que tem mais de 1 metro de altura, num total de 13 peças. Se fossem 29 peças a maior teria a altura do Empire State.

O professor Stephen W. Morris, da Universidade de Toronto, explica que quando a peça de dominó é colocada em pé, a energia potencial gravitacional fica "estocada" e pronta para ser "liberada". Cada queda libera mais energia no passo seguinte, chegando a um incremento de 2 bilhões de vezes no sistema demonstrado.
Claro que toda esta energia foi inicialmente colocada no sistema pela pessoa que montou o dominó.

Achei interessante a explicação do autor do vídeo principalmente no último parágrafo "toda esta energia foi inicialmente colocada no sistema pela pessoa que montou o dominó”.

Olha o que Deus  diz em Sua Palavra: “Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz.” (Tiago 1:13-14 RA, grifo meu)

Percebeu o perigo? Boa reflexão à todos...

Por Anderson Andujar