3 de ago de 2011

Na cadeira de Moisés...


“Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus. Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem..."

É muito fácil identificar o autor do texto acima.

Muita gente conhece. Foi Jesus de Nazaré no Evangelho de Mateus no capítulo 23 e versos 2 e 3.

Aliás não só o autor é muito conhecido, o texto também. É tão conhecido que se tornou um ditado popular: "Faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço". Agora, eu desafio os queridos leitores a tentarem identificar o autor do texto abaixo se puderem:
 
"Temos hoje todo tipo de doutrina e ensino teológico. Isso se dá por dois motivos: os líderes e os liderados. Não culpe o pregador se você é ingênuo o suficiente para aceitar tudo que ouve na igreja. É muito fácil criticar o pregador que o desvia do caminho. Entretanto, se você sabe para onde está indo, jamais será enganado.
 
Hoje há muitos crentes preguiçosos ou ocupados demais para estudar a Palavra e "permanecer" nela. Apoiam-se em certos pregadores e mestres e aceitam qualquer ensino que eles transmitem. É muito fácil depender de alguém, em vez de estudar as Escrituras e ver se o que ouvimos realmente é a Palavra de Deus, pura e sem adulterações. Esses crentes não conseguirão permanecer de pé."

Não, não... não foi nenhum apologista respeitado, quem disse isso foi o "excelentíssimo" Dr. Morris Cerullo, aquele mesmo da "unção da medida extra". Inacreditável, não é mesmo?!?!

Por Anderson Andujar